O desejo de dominar e transformar as matérias para a criação de nobres artefactos, está na origem da Cutelaria Martins e da sua icónica linha de produtos. Desde 1954 que esta empresa se assume como herdeira de uma atividade ancestral, sob a premissa de projetar no presente de olhos postos no futuro.


Os produtos Martins Palaçoulo, enquanto peças de silhueta simples, fazem jus á região que representam, assumindo-se como um dos elementos mais distintivos e característicos do quotidiano dos Transmontanos. A história e a cultura deste povo, são a âncora do seu desenvolvimento, pois é a alicerçada nestes dois pilares que as peças ganham a sua forma, definem o seu volume e se diferenciam.


Feitos a partir de matérias-primas cuidadosamente selecionadas e de um saber de experiência feito, os artigos são produzidos segundo metodologias tradicionais, o que lhes confere uma identidade única.

 

 

"Ter uma navalha Martins Palaçoulo, é ter nas mãos um pedaço da nossa história."